Dicas de Saúde - A importância dos exercícios físicos

5 benefícios que provam a importância dos exercícios físicos

1 - Diminuição ou controle do peso corporal: já que os exercícios ajudam a gastar as calorias consumidas em excesso (que seriam guardadas em forma de gordura).

2 - Melhora da saúde física: se exercitar melhora o funcionamento do corpo como um todo, reduzindo, por exemplo, a pressão arterial, aumentando a imunidade, melhorando a flexibilidade, a coordenação e a postura, melhorando a tonificação muscular e muito mais.

3 - Melhora da saúde mental: se exercitar ajuda a evitar o estresse e a depressão, diminui a ansiedade e aumenta o bem-estar e a autoestima.

4 - Prevenção de doenças: a prática regular de atividade física está ligada à prevenção das mais variadas doenças e de problemas de saúde, como, por exemplo, obesidade, diabetes, pressão alta, doenças cardiorrespiratórias, osteoporose, depressão, entre outras.

5 - Socialização: a maioria das atividades físicas permite grande interação entre seus praticantes... É o caso, por exemplo, das academias de musculação, das aulas de dança ou ginástica, dos grupos de corrida, do crossfit etc.

Nos dias atuais, mais do que nunca, fala-se muito sobre a importância de praticar atividades físicas e existe um interesse crescente por parte das pessoas em se exercitarem, seja para manterem o corpo em forma, seja para conquistarem melhor qualidade de vida.

Porém, muita gente ainda apresenta certa “resistência” quando o assunto é exercício físico, por isso, é sempre válido destacar as inúmeras vantagens de ser uma pessoa ativa, encontrando alguma atividade que lhe dê prazer!

Isso porque, atualmente, existem inúmeras possibilidades para quem deseja se exercitar: desde atividades ao ar livre (pedalar, correr, caminhar), passando por aulas de ginástica e dança, musculação, chegando até opções de lutas e muito mais! Por isso, vale ressaltar, a melhor atividade física é aquela com a qual a pessoa mais se identifica, porque é a atividade que vai motivá-la a seguir na prática.

O fato é que, se exercitando frequentemente, independentemente da atividade escolhida, a pessoa conquistará diversos benefícios, dentre os quais podem ser destacados:

Além desses benefícios gerais, cada tipo de atividade física possui suas vantagens específicas... Andar de bicicleta e correr, por exemplo, são atividades que permitem conhecer vários lugares ao ar livre; a dança proporciona maior descontração; a musculação é ideal para quem deseja ganhar massa muscular, e assim por diante... Cada atividade com suas particularidades e, claro, muitos benefícios para a saúde!

 

Os jogos coletivos, como vôlei, futebol, handebol etc., vão muito além do lazer e também são ótima maneira de uma pessoa se exercitar. Além dos benefícios físicos já conhecidos, oferecem benefícios sociais e psicológicos, como, por exemplo, maior autoconhecimento, pró-atividade, liderança e tomada de decisão, e muito mais.

 

Vale lembrar que a prática de atividade física deve estar aliada a uma boa hidratação e a uma alimentação equilibrada, independentemente dos objetivos de cada pessoa.

 

Além disso, de forma geral, a atividade física deve sempre ser iniciada em uma intensidade mais baixa passando, posteriormente, para uma intensidade mais alta... Isso vale para a caminhada, para a corrida, musculação e para a maioria dos exercícios! Exatamente por isso é muito importante o acompanhamento de um profissional da área, que saberá ainda avaliar e prescrever os exercícios de acordo com os objetivos e necessidades de cada indivíduo.

 

Agora você já conhece os principais benefícios que a prática de exercícios físicos oferece. Se ainda não se exercita regularmente, não hesite em pesquisar e encontrar a atividade com a qual você mais se identifica!

As informações contidas neste site da DFARMA não devem ser usadas para automedicação e não substituem,

 de maneira alguma, as orientações dadas pelo profissional da área médica.

Somente o médico está apto a diagnosticar qualquer problema de saúde e prescrever o tratamento adequado.

Ao persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado.

  • RedeDfarma
  • RedeDFARMA
  • Google+ Social Icon